A Comunidade-Luz Nova Terra no afã de expressar seus melhores valores – a fraternidade, cooperação, a unidade na diversidade e inspirada no espírito do bem comum, do amor que transforma tudo continua fluindo na abertura de espaços.

Desta forma, o final de semana de 6 a 8 de dezembro, esta comunidade recebeu a visita do Ensemble Carioca, talentosos jovens músicos, integrantes do projeto Ação Social pela Música do Brasil (ASMB).

A proposta inicial era dar um concerto que como tal, foi cancelado. O mesmo seria realizado em um festival da comunidade, que por motivos fora de seu controle foi suspenso.

No entanto, o grupo se deu a oportunidade de viver uma experiência diferente. Crianças, jovens e adultos da comunidade os receberam calorosamente.

Da proposta inicial à vivencia

“Vir à Comunidade-Luz Nova Terra para passear um pouco, sair da rotina e dar um concerto eram aspectos estreitamente ligados, sentíamos que seria muito bom, mas nunca imaginamos que seria tanto”, comenta Olavo John, jovem porta-voz do grupo.

“Estamos acostumados a aquela loucura da cidade, todo o tempo na rua, entre ensaios e apresentações nossos horários se tornam muito apertados. Vivemos nesse mundo”.

“Estar aqui e ter feito tudo o que fizemos em apenas dois dias, o trabalho rural, a vivência na comunidade, sem mencionar a experiência na alimentação, as comidas sempre em grupo, dando prioridade às crianças, aquele respeito… e todo o alimento elaborado naturalmente, nada de carne.

Tudo é apreciado e comentamos entre nós sobre a importância de incorporar isto em nossas vidas, fazer algumas práticas, ainda que seja complicado na cidade”. John acrescenta.

E a noite do concerto!… risos… exclama John.

 

A noite do concerto

John comenta: vamos dar um concerto, mas não será como de costume, vamos aumentar a conexão que já temos com eles, assim que aquilo que nos preocupamos sempre, é o que NÃO viemos fazer”.

“Vamos nos esquecer de uniformes, repertório, que sem isso e sem aquilo sejamos bem naturais”. Compartilha o líder do grupo. “Isto foi aceito pelo grupo e assim foi”.

Inicialmente versões de músicas clássicas foram interpretadas pelo Ensemble Carioca, logo interpretaram músicas mais populares. Em todas as suas intervenções capturaram a atenção do público.

Quando se pensou que a noite cultural havia terminado, jovens da comunidade apresentaram sua oferta de presente ao grupo com coreografias musicais.

Pouco a pouco se integraram membros do Ensemble Carioca e membros da comunidade, o que terminou em uma grande festa, uma grande conexão, uma grande fraternidade.

“Foi muito bom dar um pouco da nossa arte a essas pessoas que deram tanto, enquanto estávamos aqui. Eles sentiram a nossa arte e foi muito bom, depois todos juntos e criar esse clima… foi demais”! Lembra John.

 “Todo o grupo gostou de estar aqui, todos querem voltar. Vamos tentar voltar em janeiro, por pelo menos uma semana para nos integrarmos mais ao ritmo. Para nós foi um final de semana de desintoxicação da mente e do corpo” …

Grato por tudo. Conclui Olavo John, porta-voz do grupo, o líder que nesses momentos assume a direção do Ensemble Carioca.