Semanalmente produzimos aqui na comunidade, leite de soja, iogurte de soja e tofu. São alimentos produzidos com soja orgânica não transgênica proveniente das plantações da Comunidade-Luz Figueira.

Soja depois de ficar 12hrs de molho

O processo é longo, primeiro deve-se deixar de molho a soja na noite anterior para que ela elimine os antinutrientes presentes na maioria do grãos (substâncias que impedem a germinação inadequada da semente). Depois trituramos a soja com água quente até se obter o leite dela – vale ressaltar que temos aqui uma máquina extratora de leite de soja que foi doada por um colaborador da China!

Máquina extratora de leite de soja

Esta máquina já separa o leite do bagaço, chamado de okará, que também é usado em diversas receitas. O leite pronto, uma parte recebe o pro-biótico para se tornar iogurte e a outra é só talhar e prensar para virar tofu!

Okará e tofu prontos

Para fazermos os derivados da soja toda semana recebemos a ajuda dos jovens da comunidade, que aprendem e acompanham todo o processo.

Jovem colocando o leite de soja talhado na prensa do tofu

O leite é servido quentinho no desjejum e pode ser consumido puro, com café ou batido com alguma fruta, o iogurte é servido puro ou com frutas picadas, o tofu é usado em inúmeras receitas nas refeições como almoço e jantar da comunidade e a okará é aproveitada para se tornar parte de alguma farofa, pão ou bolinho. Todos muito ricos em proteínas e minerais.

Jovem enchendo as garrafas de leite de soja

Do processo do tofu também se extrai o soro do leite de soja que adicionada algumas gotas de óleo essencial de lavanda se transforma em um nutritivo banho terapêutico.

Tofu grelhado com shoyo e gergelim